sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Terra sem lei

Hoje a tarde, por volta das 17h30, eu estava passando na Av. Agamenon Magalhães (para quem não conhece Recife, é uma das avenidas mais movimentadas da cidade). Deixei meu pai na esquina (ele ia para o trabalho) e quando segui em frente ouvi três tiros! Olhei para trás e não vi nada, só um povo correndo... andei mais um pouco e liguei pro cel do meu pai desesperada, pois não sabia se tinha acontecido alguma coisa com ele e não tinha como voltar. Ele atendeu e perguntou se eu estava bem...por sorte ele conseguiu correr e se abrigou atrás de uma árvore. Enfim... um guarda de municipal de trânsito, Carlos Roberto da Rocha, foi baleado em plena luz do dia, após ter, supostamente, multado um motorista. De acordo com o Jornal do Commercio "o suspeito de efetuar os disparos fugiu em um Opala cor prata. Carlos Roberto, lotado na Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros e chegou ao hospital consciente, em estado estável. Um dos disparos teria atingido o fêmur esquerdo do guarda. O outro pegou no braço e um outro ainda atingiu os testículos".

Vale ressaltar que No dia 27 de maio deste ano, a agente de trânsito Joseane Oliveira de Santana, 21 anos, foi assassinada com seis tiros nas costas após multar um motoqueiro, quando trabalhava disciplinando o trânsito próximo a uma casa de shows na beira-mar de Olinda.

Eu preciso dizer mais alguma coisa? Estamos morando em uma selva? Até que ponto essa violência vai chegar? E olhem bem... ultimamente eu tenho visto um número enorme de viaturas da PM circulando pela cidade... Duplas de PM andando pelos bairros... PM em motocicletas fazendo ronda... nunca tinha visto antes em Recife tanto policial circulando... mas a coisa está tão banalizada que o cara mata pq tomou uma multa... e tomou uma multa por que fez merda... Os trombadinhas estão assaltando na base do grito, como já falei em post anterior... a namorada de um conhecido foi espancada por que não tinha dinheiro na carteira quando foi assaltada... é a terra de ninguém... estamos em uma terra sem lei, cercados por bandos e mais bandos de bestas-fera acéfalas e cheias de testoterona!! O que raios é isso? O velho oeste? pré-história?? PAREM O MUNDO QUE EU QUERO DESCER!!!



4 comentários:

Maíra disse...

É muito triste mesmo nossa situação aqui em Recife. Nós sentimos coagidos e sem saber o que fazer para fugir dessa violência.

Semana passada eu e Flávio sofremos uma tentativa de assalto no Espinheiro saindo da nossa aula de francês. Graças a Deus não nos aconteceu nada e também não levaram nada. Mas com o susto me deu vontade de comprar a passagem para o Canadá no mesmo dia e levar todos que amo.

Bem... passou. Torcer para que não aconteça de novo. Fora isso as aulas estão ótimas.

Um abraço,
Maíra.

Cau disse...

Afe Maria que tristeza! Graças a Deus que nada aconteceu com vocês.

E ajeita a frase Rossana! É PAREM O BRASIL QUE EU QUERO DESCER NO CANADÁ!'

Beijo!

Camila disse...

Oi, Rossana,

Há alguns dias descobri o seu blog e adorei! Tinha feito até um comentário (bem mais inspirado que esse, diga-se), mas acabei não publicando... Cliquei em alguma coisa errada... Vai entender...

Como você, sou jornalista e estou começando meu processo de imigração pro Canadá (leia-se: estudar francês). E me pego quase desesperada pra sair daqui quando ouço histórias como a desse post. Sou de Salvador e aqui vivemos uma situação muito parecida com a de vocês aí em Recife. Fiquei, de verdade, aliviada por nada ter acontecido nem a você nem a seu pai.

E é por essas e outras que vou tentar viver na terra de Celine Dion (nunca pensei que fosse dizer uma coisa dessas! Não desse jeito ahahhaha), mesmo correndo o risco de não conseguir trabalhar na nossa área inicialmente. Convenhamos: leva-se um tempão pra escrever bem no seu próprio idioma, imagine no dos outros.

Bom, estou aqui pra engrossar o coro de jornalistas imigrantes e me colocar à disposição pra trocarmos figurinhas. Não tenho blog (ainda), mas tenho e-mail: camilanovais@yahoo.com.br e estou no Orkut. Você me acha na comunidade "Quero ir para Québec". Sou uma mocinha que na foto tá recebendo um cheiro no cangote do marido. Vou adorar me corresponder com você!

Obrigada pelas dicas valiosíssimas! Isso gera ótimo karma! ;o)

Beijo grande.

raquel & daniel disse...

Nossa!A situação de Recife ja esta a esse ponto de falta de respeito?Então agora a ameaça é de correr rico de vida se um vagabundo faz algo errado no transito.É o nosso Brasil, que tristeza, que vergonha.

Boa sorte no seu processo, que o Canada nos de esperança para uma vida melhor.